Recentemente recebi esta dúvida de uma das pessoas que me seguem nas mídias sociais. Se você quiser saber a resposta, leia na íntegra todo o artigo.

Há pouco tempo escrevi e gravei um vídeo, se você não viu pode checar aqui, sobre 7 ideias do que você pode fazer para trabalhar em casa.

Uma das ideias era a de produzir um curso online. Logo após o vídeo, o Everton Silva me perguntou se qualquer um poderia gravar um curso online?

Não sei exatamente qual a razão desta pergunta, se foi em função do conhecimento, se foi em razão de tecnologia para fazer ou qualquer outro motivo, mas minha resposta foi que não só poderia, como deveria gravar um curso online!

Mas por que eu respondi isso, e quais são os motivos para você gravar um curso online? 

Primeiro que se você tiver algum conhecimento específico ou habilidade, pode transformar isso em um curso online, qualquer mesmo, já vi pessoas ficando ricas por venderem cursos online sobre manutenção de máquinas de lavar, já vi cursos sobre Reiki, massagem, como tocar violão, enfim, há um mundo de coisas que você pode ensinar.

Nunca se apegue apenas ao que você acha que as pessoas estão precisando no momento, se você não testar você nunca saberá!

Segundo que você tem um motivo nobre nessa arte de compartilhar conhecimento, e há pessoas que não tem a mesma oportunidade que você, mas podem aprender por meio do seu curso. 

Infelizmente nem todas as pessoas tiveram uma oportunidade que você pode ter tido de estudar ou aprimorar-se sobre determinado assunto, e olha que maravilha a possibilidade de você compartilhar isso com quem precisa.

Além disso, quando você ensina algo a alguém, está aprendendo muito mais sobre o assunto. Na pirâmide de William Glasser ele mostra que retemos 95% do que aprendemos quando ensinamos outra pessoa. 

Eu mesmo quando estou montando meu curso online, percebo que algumas vezes faltam alguns conhecimentos ou uma maior profundidade em determinado assunto e assim passo a pesquisar e estudar mais para conseguir fazer um material melhor, e isso faz com que eu aprenda muito mais. 

Uma outra coisa interessante em criar um curso online é que além de aprender mais sobre o assunto que gravará, você ainda pode desenvolver uma nova habilidade, como falar de frente para a câmera, gravar e editar vídeos, organizar suas ideias e montar uma apresentação. E tudo isso é ótimo para o desenvolvimento do seu cérebro, pois quanto mais coisas você aprende, mais ele fica ativo e saudável. 

Imagine que sua mente vai ter que incorporar uma série de novos conhecimentos e você vai passar a ser uma pessoa mais esclarecida e com maior vivência. 

Neste sentido, um ponto interessante que eu compartilho com você agora é que quando você começa a gravar cursos e adquire gosto pela coisa, novos conhecimentos podem se tornar novos cursos. Eu mesmo tenho um curso sobre como montar um site em WordPress, pois tive que estudar e ralar muito para montar o meu site! 

Percebeu como isso pode ser bem mais interessante do que você pensava?

Uma outra parte que também é bem interessante é a tal da renda extra, se você escolher vender esse curso na internet. Claro que não é fácil e super simples vender um curso, mas com o tempo você pega o jeito, aprende um pouco mais e quando menos espera sua primeira venda chega. 

Para você ter uma ideia, quando eu comecei, meu intuito era ter uma renda extra, poder ter uma nova fonte de receita, mas com o passar do tempo o negócio foi dando tão certo que hoje cursos online representa, praticamente, 90% de minha renda. Obviamente que esta mudança fez com que eu tivesse que buscar novas fontes de receita, pois não gosto de ter apenas uma. Como diria o ditado: “nunca deixe todos os seus ovos em uma única cesta.”

Mas agora você deve estar se perguntando se qualquer conhecimento vale para produzir um curso online?

Claro que sim, vale! 

O mercado é muito amplo e tem muito espaço para crescer, principalmente, o de ensino a distância. 

Mais uma vez devo te dizer que quanto mais você aprende e começa a desbravar novos mercados mais você percebe que o mercado é amplo demais. Para absolutamente tudo que você pesquisar você vai encontrar mercado.

Faça um teste e pesquise sobre qualquer assunto, dos mais variados possíveis, eu tenho certeza que você vai encontrar um mercado para isso.

Além disso, você não precisa ser um super conhecedor do assunto, que se propõe a ensinar, você pode dominar um pequeno assunto e deste ponto criar um curso. 

Um grande erro é achar que os cursos precisam ser extensos e cheios de conteúdo, mas não. Muitas vezes quem procura os cursos, deseja adquirir um conhecimento específico. 

Quer um exemplo:

Quem quer aprender a cozinhar, pode em um primeiro momento querer aprender apenas o básico, como se faz o trivial do dia a dia, a pessoas não precisa aprender tudo sobre as mais variadas técnicas francesas de culinária, percebe?

Se você, por exemplo, gosta e sabe muito sobre Excel, você não precisa criar um curso gigantesco com horas e horas de conteúdo, você pode começar pequeno, apenas para testar o mercado, montando um curso sobre determinado tópico do programa. 

E se você ainda possui dúvida sobre este mercado e o poder que ele possui é só fazer uma breve pesquisa nas principais plataformas de ensino à distância, eu te convido, por exemplo a acessar a Udemy e fazer uma pesquisa sobre os assuntos que são encontrados por lá, veja quantos cursos e quantos instrutores existem. 

Acesse também a Hotmart, que agora possui uma seção chamada aprenda uma nova habilidade, onde mostra quais são os cursos mais procurados. Existe também a Eduzz, Monetizze, Teachable, e muito mais…

Somente pela quantidade de plataformas e sites para isso já dá para ter uma ideia do tamanho e potencial deste mercado, certo?

E se você nunca pensou em ter seu curso online, pode começar a pensar sobre isso e ver se não é uma boa oportunidade para você. 

Espero que tenha gostado. Até a próxima.

 



Leave a Reply

Your email address will not be published.