Você está em casa e precisa de ideias do que fazer para trabalhar e conseguir uma renda extra ou mesmo se transformar na sua principal fonte de renda?

Neste artigo compartilharei com você algumas ideias do que você pode fazer em casa, bastando ter um computador, acesso a internet, vontade e paciência para fazer acontecer. Claro, que existem muitas outras ideias, porém, estas são as que acho mais práticas e simples e que já vi dando resultados para outras pessoas!

Se este for o seu caso leia o artigo atém o final e qualquer dúvida pode me escrever!

Ideia 1: Tornar-se Assistente virtual

Hoje em dia, existem vários casos de empresas que precisam deste tipo de serviço, sejam empresas que preferem não ter um endereço fixo, como forma de reduzir os gastos, sejam empreendedores individuais que não conseguem conciliar a rotina de produzir o que tiver que produzir versos a necessidade de atender clientes, postar em mídias sociais, produzir posts entre outras tarefas ou empresas já estabelecidas, mas que não querem ter mais um recurso dentro de sua estrutura.

Um assistente virtual é responsável por uma variedade de tarefas. Por exemplo, fazer reservas gerais, inserir dados em agendas, gerenciar e-mails, fazer pesquisas, planejar e organizar postagens em mídias sociais, atender telefone remotamente e muito mais. 

Se você se dá muito bem realizando planejamento e é organizado(a), então ser um(a) assistente virtual pode funcionar muito bem para você. 

Atualmente exsitem algumas plataformas que você pode se cadastrar para poder oferecer este tipo de serviço, são elas: Fiverr, Workana, 99Jobs e mais.

Ideia 2: Montar um curso online

Se você tem algum conhecimento para oferecer, pode gravar e transformar essa informação num curso online e vender em plataformas como a Udemy, que além de simples é gratuita para lançar e divulgar os seus cursos. 

Além disso, a Udemy possui a vantagem de eles mesmos fazerem a divulgação, porém, você não poderá viver somente esperando que eles divulguem, você também terá que fazer seu trabalho em paralelo, mas já é uma grande ajuda para quem está começando. Eu mesmo comecei com a ajuda desta plataforma e hoje vivo, praticamente, com meu trabalho pela internet.

No caso de você já possuir uma certa audiência também poderá optar por vender em outras plataformas como: Hotmart, Eduzz e Monetizze.

Nestas últimas você terá que fazer um trabalho um pouco maior para a divulgação e venda de seu curso, em contrapartida possui maior controle sobre o preço e forma de divulgação de seu curso, como explico neste vídeo aqui.

Ideia 3: Produzir um Ebook

Seguindo a linha de raciocínio de compartilhar algum conteúdo que você domine, mas não em formato de curso, caso você tenha algum receio em se expor, o que é muito comum, principalmente, no início, você pode pensar em escrever um ebook, por exemplo, que é uma excelente alternativa.

O seu primeiro ebook não precisa ser um “romance” com centenas de páginas, você pode criar algo bem sintetizado sobre um tema específico.

Para colocá-lo a venda você também poderá utilizar de plataformas como: Hotmart, Eduzz e Monetizze, mas também poderá publicar na Amazon em formato Kindle.

Existe um curso dedicado a quem deseja começar a escrever um ebook, ele explica o passo a passo para fazer isso da maneira correta!

O curso chama-se Ebook Academy e foi feito pelo meu amigo Ismar Souza.

Ideia 4: Tornar-se produtor de conteúdos para site

Hoje quem tem um site com um blog sabe que precisa criar conteúdos para seu site se posicionar nos mecanismos de buscas na internet, como o Google ou Bing, por exemplo. Porém, muitas pessoas que precisam produzir conteúdos nem sempre conseguem dar vazão ao que precisa ser produzido. 

Eu mesmo acabo contratando freelancers que produzem esse tipo de conteúdo. O cliente indica qual artigo ele quer, quais são as palavras chave que o texto precisa ter e o freela produz o artigo. 

Se você for bom em escrita você pode começar a produzir conteúdos agora mesmo. E mesmo que você não seja muito bom, pode estudar e se aprimorar com o objetivo de entrar nesse mercado. 

Para te ajudar a vender e divulgar este trabalho você pode contar com uma série de plataformas online como a Workana ou o Fiverr, por exemplo, em que qualquer pessoa pode contratar um freela ou tornar-se um. 

Ideia 5: Tornar-se um desenvolvedor web

Mesmo que você não tenha muito conhecimento, existem muitos cursos online que ensinam como se tornar um desenvolvedor web e conseguir criar sites facilmente. 

Sempre tendo em mente que estudando e se dedicando você pode conseguir fazer qualquer coisa, obviamente, que você precisa deixar claro para o cliente o tipo de atualização e customização que você está apto a fazer. 

No entanto, para criar sites de pequenos comércios como: salão de beleza, restaurante, lanchonete etc. não é necessário um grande conhecimento nem um site tão elaborado, ao passo que se você souber fazer um site básico, consegue alguns clientes para começar no ramo. 

A dica é sempre, saia gastando sola de sapato para oferecer seu serviço, depois construa sua marca e reputação com os seus trabalhos entregues.

Ideia 6: Transcrição de textos

Há pessoas que trabalham transcrevendo áudios para textos. Elas ouvem o áudio e escrevem o que está sendo dito, seja para criar um artigo ou uma legenda. É um trabalho que pode ser oferecido como um freela também. 

Muitos produtores de conteúdo precisam de legendas e você pode ser uma das pessoas a fazerem este trabalho. Aliás, existem softwares que auxiliam nessa transcrição, que obviamente deverá ser revista e melhor elaborada, até mesmo por que nem tudo que dizemos em um vídeo pode ser escrito na íntegra. 

Outra opção, seguindo a linha da transcrição de texto é a criação de legendas em outro idioma, se você souber fazer isso.

Muitos conteúdos oferecidos em um país podem ser disponilizados em outra língua caso haja uma legenda.

Ideia 7: Afiliação de produtos digitais

Existem vários produtos digitais no mercado que podem ser vendidos por qualquer pessoa, algumas plataformas como a já citada Udemy disponibilizam a possibilidade de afiliação, ou seja, você se afilia a plataforma e compartilha o link dos produtos recomendados e a cada venda que você fizer com o seu link você ganha um percentual sobre a venda. É basicamente um representante comercial digital.

Além disso, você pode se afiliar tanto a produtos digitais, como cursos online, workshops e congressos, como produtos físicos, como cápsulas, eletrônicos, eletrodomésticos etc. Para isso existem uma série de plataformas que auxiliam nesta função, tais como: Hotmart, Eduzz, Monetizze, Rakuten, entre outras. 

Para vender os produtos ou serviços você pode criar um site, fanpage no Facebook, Instagram, Linkedin ou até mesmo no famoso boca a boca. É possível ganhar uma boa comissão vendendo esses produtos como afiliado, mas é óbvio que tudo dependerá do quanto você se esforça e trabalha nestas alternativas.

Ideia 8: Criar um blog de nicho

Se você sabe escrever e gosta de compartilhar algum tipo de conhecimento também pode pensar em criar um blog de nicho. Se você gosta de viajar, por exemplo, pode escrever sobre isso, se gosta de cozinhar, dançar, enfim, qualquer assunto você pode transformar em uma série de artigos e disponibilizar em seu blog?

Mas como ganhar dinheiro com o blog?

Bem, não é tão simples e nem rápido, mas você pode unir às diferentes ideias daqui deste artigo, como incluir links de afiliados. Exemplo: se você for falar de viagens, você pode se afiliar a alguma agência de turismo online em casa de câmbio. Se você deseja falar de culinária, pode se afiliar a alguma loja de produto físico, panelas, frigideiras etc.

Outra possibilidade de ganhar dinheiro com um blog é inserindo os blocos de anúncios do Google AdSense, quando seu blog atingir um número de visualizações você poderá aplicar para o AdSense e poder ganhar alguns trocados quando algum leitor de seu blog clicar em um anúncio.

Você também pode se afiliar diretamente a algum produtor de conteúdo online e oferecer o curso ou serviço dele.

Enfim, existe um mundo a ser explorado por isso!

Ideia 9: Criar um canal no Youtube

Seguindo a mesma linha do blog, porém para quem deseja se aventurar no mundo dos vídeos. Se você tem algo a compartilhar ou até mesmo deseja criar um vlog siga em frente.

O Youtube também remunera os canais com maior visualização, atualmente canais com mais de 1.000 inscritos e 4.000 horas de visualização são elegíveis a monetização.

Logicamente não é uma tarefa tão simples e rápida, mas pode ser bastante interessante a médio e longo prazo, quem sabe não pode ser uma parte de sua aposentadoria?! 😉

Ideia 10: Vender suas fotos

Para ganhar dinheiro trabalhando com fotografia você precisará ter uma boa criatividade e muito talento.

Embora pareça uma tarefa difícil, pois muita gente pode se considerar um “fotógrafo”, é possível, sim, ser bem-sucedido nesse ramo. No entanto para se destacar neste mercado, assim como em outros é preciso pensar em 3 coisas fundamentais:

  1. Encontrar um nicho.
  2. Conquistar um público interessado no trabalho que você faz.
  3. Divulgar constantemente seu trabalho.

Para te ajudar, abaixo coloquei alguns sites de fotografia para a venda de imagens e licenciamento de fotos:

  1. Getty Images
  2. Shutterstock
  3. iStock
  4. Depositphotos
  5. Dreamstime

Bom, percebeu como ideia é o que não falta?

Logicamente, tudo depende de tempo e dedicação, mesmo as ideias mais simples vão demandar bastante dedicação como tudo em nossa vida, no entanto se você não começar, nunca irá saber, correto?

Espero que essas ideias sejam úteis a você que está procurando algo, mas não tem a menor ideia do que fazer.



Leave a Reply

Your email address will not be published.